quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Histórias e Memórias

DUQUE DE CAXIAS

O 1º Regimento de Cavalaria Transportado, atual 19º R.C.Mec, foi instalado em Santa Rosa, por ocasião da 2ª Guerra Mundial. Como não houvesse prédio para ele destinado, suas tropas foram divididas, ocupando instalações do CIRCULO OPERÁRIO, CLUBE CONCÓRDIA e CLUBE CULTURAL. A tropa profissional veio de várias Unidades de cidades vizinhas, como Santo Ângelo e São Luiz Gonzaga. Os militares especialistas do Brasil todo.
Qual o aglomerado de brasileiros que não sai, logo, batendo uma bolinha. Aqui não foi diferente. Mas houve um “porém”. Tendo em vista que os santa-rosenses eram em sua maioria nascidos ou descendentes de alemães e italianos, os militares não podiam me misturar. Isto é fazer parte do mesmo grupo. O Clube em evidência por esta época era o Paladino. Os militares fundaram um clube de futebol ao qual deram o nome de DUQUE DE CAXIAS, patrono da força e as cores escolhidas foram o vermelho e o preto, em listras horizontais, talvez, por sugestão do Major Waldir de Ávila e de cariocas que aqui chegaram. As partidas eram com o Paladino e excursionava muito para a Argentina. O time do qual trago memória era assim constituído: Dari, Bertuol e Dino. Berbigier, Waldir e Dari. Celso, Madureira, Wilson Codinotti, Edmar Lima e Cabreira.
Wilson Codinotti, ainda jovem, jogou no Paladino, quando o técnico era Orestes Andretta. Aos 16 anos, como voluntário, incorporou ao Exército. Quando incorporado foi emitida uma portaria pelo Ministro da Guerra proibindo a participação de militares em clubes civis, que vigorou de março de 45 até abril/maio de 49.
Durante 4 anos não pode praticamente praticar o futebol e acabou “perdendo” o ritmo.
Jogou no Duque de Caxias, no Ipiranga e no Paladino, onde foi inclusive treinador.
No Duque excursionavam à Argentina, principalmente a Oberá no dia  9 de Julho data da Independência daquele país.
Recorda que numa dessas viagens jogou de centroavante e pela ponta esquerda o Subtenente Edmar Lima. Dari Sim era o goleiro. Na equipe local atuou um centro médio que era reserva da seleção argentina. No final do jogo, Wilson fez um lançamento para o ponteiro esquerdo Lima. Este chutou forte marcando o gol. As redes eram de arame. Pela violência do chute a bola voltou até a área. Receberam medalhas e recebeu Wilson, o reconhecimento de “condutiere”.
Lembra que seu técnico, Sargento Schulz, no Duque de Caxias, de quando em quando bradava:
- Ave Zacharias....

TIME DE FUTEBOL DE OFICIAIS DO 1º RCM.
Quando o Regimento se instalou em Santa Rosa, havia uma Portaria Ministerial, proibindo que os militares integrassem qualquer agremiação esportiva local.
Fundou-se então no Quartel o DUQUE DE CAXIAS, que se pouco disputasse partidas com os civis, o fazia com os Argentinos, que eram neutros por não estavam entre as nações beligerantes.
Assim se enxertava o clube dos oficiais com quem era bom de bola. Ai vemos, Major Helio Chaves Lopes, Oficial da Brigada Militar, Paulo Araujo, Chico Queiroz, ex-cadete. Os demais são: Capitães, Aloisio, Medina, Ten. Hugo Ten. Onofrio, Cel Nésio, Asp. Darci Lunardi. Major Waldir e Capitão Raimundo Nonato.



Colaboração de João Jayme Araujo


Nenhum comentário:

Postar um comentário