sexta-feira, 26 de julho de 2013

Por Onde Anda?

ALFREDO MORÉ


Filho de Norberto Moré e de Helena Maria Joner Moré. Casou em Porto Alegre com Lygia Brun Moré e tiveram seis  filhos e quinze netos.  Possui o Curso Primário completo e era conhecido pelo apelido de Dino.
É o único fundador remanescente do Paladino F.C. Seu pai, Norberto Moré, em conversa com Waldemar Simeão e ambos resolveram fundar um time de futebol para fazer frente ao Ypiranga, Operário e outros existentes na época.
Da infância, Allfredo se lembra dos jogos de futebol no Campo do Pessegueiro.
Sua vida esportiva, iniciou no Paladino FC, primeiro como fundador, depois, atleta e como tesoureiro, fez parte da Diretoria.
Além de atleta, exerceu a profissão de pintor e de inspetor de educação.
É torcedor do Sport Club Internacional de Porto Alegre. Hoje aposentado reside na capital gaúcha.
Para a fundação do Paladino, as reuniões e a sede provisória eram na casa do futuro presidente: Norberto Moré, que tinha dois filhos homens, Alfredo (Dino) e Arnildo.
Fizeram parte da diretoria, Alberto Samaniego, atleta paraguaio, como refugiado político de seu país - o Paraguai. Jogou como centroavante e era goleador nato. Importou um irmão, Leo, que depois de uma breve passada pela cidade, foi para Santo Ângelo, jogar no Grêmio, de onde teria ido para Porto Alegre.
Reneu Steffen - Filho de um antigo e conceituado comerciante, Fernado  Steffen, estabelecido junto à Praça da Independência, onde trabalhava. Torcedor apaixonado pelo time.
Jacob Mander -  Também atleta que alegrava em jogar. Beque central, de onde a bola vinha, voltava. Cativou a torcida com sua maneira tosca e brincalhona de atuar.
Alfredo Moré - Nosso craque de hoje.  Nos primeiros jogos atuou como back esquerdo. Depois cedeu o lugar para Nino Cappellari. Permaneceu atuando quando chamado e exercendo a sua função na diretoria.
Waldemar Simeão - Aportou em nossa terra, vindo de Gravataí, daí a origem do nome Paladino, mesma denominação do clube da cidade de onde viera. Escolheram camisetas nas cores vermelho e branco em listas verticais.   Simeão, funcionário da polícia, também “enganava” como jogador de futebol.        

Foto 01 - Alfredo (Dino) Moré, fundador do Paldino F.C.
Foto 02 - Norberto Moré (pai), fundador e primeiro presidente e Alfredo Moré (filho), vestindo o uniforme do Paladino F.C.
Colaboração de João Jayme Araujo/POA.     

Nenhum comentário:

Postar um comentário