sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Por Onde Anda?


SANTO BASTOS

Nasci em Santa Rosa, sou filho de Jovino Bastos e Senhorinha Alves Bastos. Casei com Eva Machado Bastos e temos sete filhos, quatro netos e u bisneto. Tenho estudado até a quinta série do primário.
Quanto a minha infância posso dizer que foi muito sofrida, em função da separação de meus pais e por levar uma vida muito atribulada na roça.
Como atleta de futebol, inicie jogando no Ipiranga da Vila Sulina, depois fui para o Sepé Tiarajú. Mais tarde, fui jogar no time do Frigorífico Santarrosense. Não tive nenhuma atividade ligada a um clube como dirigente ou treinador.
Torço pelo Internacional de Porto Alegre, como clube do meu coração.
Na atualidade sou microempresário. 


Santo integrou a equipe do Sepé Tiaraju, que no ano de 1960, quebrou a hegemonia do E. C.Aliança, vencendo o campeonado citadino daquele ano.  Jogava como lateral esquerdo e meia esquerda e foi de grande valia para a dita conquista.  


Foto tirada no Estádio Carlos Denardin, acredito do ano de 1962 ou 1963. Em pé da esquerda para a direita: Uca, Sergio Weremchuk, Jorge, Joãozinho, Iba, Engo Medeiros, Professor Toledo(técnico). Agachados: Alceu Medeiros, Waldemar, Montenegro, Tita, Santo e (?). Esta foto nos foi enviada pelo próprio Santo.

Colaboração de João Jayme Araujo/POA e Raul Meneguini/SRO.

2 comentários:

  1. Grande tio Santo, fui um grande jogador... em tempos em que o o futebol era valorizado pela pela dedicação do time como um todo, os craques recebiam o mesmo que os demais integrantes da equipe, não como hoje em dia que tudo gira em torno de dinheiro. Parabéns meu tio, por contribuir para a história deste grande clube de Santa Rosa/RS.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns tio, não sabia que era jogador. É uma história e tanto!

    ResponderExcluir