sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Por Onde Anda?

JOÃO CARLOS BIRCKE


Natural de Santo Ângelo/RS, filho de João Amaral Bircke e Guilhermina Stocker Bircke. Casado em 1961, em Santo Cristo/RS., com Alda Maria Bircke.  Três  filhos: Marjana, Marcelo e Mariana e quatro netos: Gregório, Eduarda, Sofia e Laura.
Na infância, guardo de recordação o primário na escola Grupo Apeles em Santo Ângelo e em Santa Rosa no G. E. Visconde de Cairú. O Ginásio, na Escola Santa Rosa de Lima e o curso de contabilidade no Machado de Assis. 
No ano de 1954, quando cumpri o serviço militar, relacionei-me definitivamente, com a turma que se formou na constituição do Juventus Atlético Clube – clube do coração – verde/vermelho. A amizade formada com o Jayme e Paulo Araújo, Paulo Pinto, João Manuel Lopes, Carlinhos Oliveira, Jarbas e Plínio Tonel, Carlinhos Hoffmann e Willy Klaus.

Continuo Colorado (Internacional), Elite Clube Desportivo de Santo Ângelo, Juventus em Santa Rosa e Esportivo em Bento Gonçalves.
Hoje sou um ilustre aposentado (“jubilado” para olhos Hermanos argentinos e uruguaios)
Formado em Contabilidade, também sou Bacharel em Direito. Servi por um ano no Quartel – 1º R. C. M. Logo após, ingressei no Banco Agrícola e em 1957, assumi no Banco do Brasil em Santa Rosa. Desempenhei diversas funções comissionadas e, a partir de 1972, fui removido para a Direção Geral do Banco para Brasília, já então subgerente em Santa Rosa. Permaneci na DIRGE, até 1976 (Brasília e Porto Alegre). A partir de 1977, fui removido para Bento Gonçalves, como Gerente Geral e após para São Leopoldo. Aposentei-me em 1990, quando voltei a residir em Bento Gonçalves.
Registro ainda,  meu período como radialista, em Santa Rosa, na Rádio Sulina, dirigida então pelo senhor Hilário Zenni, constituída em 1952 por um grupo de empresários de Santa Rosa (1350 KCC – Onda Média). Fui testado como sonoplasta, depois locutor, redator e apresentador de programa. O Jayme Araújo já era o “cobrão” da rádio. O programador era o Paulo Régis. Lá, estive desde 1953 até 1965 (dividindo meu trabalho no Banco do Brasil). Também fiz pequeno sucesso, não como o Jayme. Trabalhei no período com o Ivo Stein, Severino Grecchi, Alceu Medeiros, Paulo Araújo, Paulo Heitor Fernandes, chamado também de “PHF” e, com muito orgulho, com o Pedro Primo Paulo Barilli, grande profissional. Fizemos dupla, com programa de entrevistas, na rádio, aos domingos, no horário nobre do meio dia “A Pergunta tem Resposta”.
É a minha pequena história de um santa-rosense de coração e que me fez feliz registrar em “ Por onde anda”.




Foto 01 - João Carlos Bircke e sua esposa Alda Maria Bircke 
Foto 02 -  João Carlos Bircke vestindo a camisa do Juventus
Foto 03 - Formação do Juventus em que Bircke aparece, em pé, último  à esquerda da foto.
Foto 04 - Família de João Carlos e Alda Maria, confraternizando.

Colaboração  de João Jayme Araujo/POA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário